SELECT topo FROM abc_paginas WHERE link = '34' SELECT pagina FROM abc_paginas WHERE link = '34'
IV Encontro Sul Brasileiro de Engenharia Clínica contou com participação do CREA

 


Dia 28 de dezembro, aconteceu o IV Encontro Sul Brasileiro de Engenharia Clínica no Anfiteatro Hugo Gerdau, no Complexo Hospitalar Santa Casa, em Porto Alegre, contando com a participação do assessor Engenheiro Civil Donário Rodrigues Braga Neto, representando a presidência do Conselho. Participaram da Mesa Redonda: Engenheiro Clínico na Saúde, juntamente com o presidente Associação Brasileira de Engenharia Clínica (ABEClin), Engenheiro de Produção e Especialista em Engenharia Clínica Rodolfo More, que representava o Confea, o vice-presidente da ABEClin, Engenheiro Mecânico Fernando Moreira, representando a Associação e a Coordenadora da mesa, Léria Holsbach.

Falando em nome do Conselho, o Engenheiro Donário, reforçou a importância dos Engenheiros Clínicos registrarem sua especialização no Sistema. “Apesar da Engenharia Clínica não gerar atribuição, é muito importante que os profissionais da área registrem sua especialização”. Ressaltou ainda a importância dos profissionais estarem vinculadas às entidades de classe para assim estarem representados no plenário Regional.

O Engenheiro Rodolfo More falou sobre como o profissional é importante. “Quem garante a segurança do paciente? Quem cuida da segurança dos equipamentos utilizados na saúde?”, ele fala ainda que todos os hospitais deveriam dispor de uma equipe especializada em Engenharia Clínica. Já o vice-presidente da ABEClin afirmou que a Associação está buscando seu espaço, “valorizando esta camada, de análise da tecnologia em saúde”.

Sobre a Engenharia Clínica: De acordo com o Engenheiro Rodolfo More, em Sessão Plenária no Confea, a profissão de engenharia clínica começou nos Estados Unidos, na década de 1970. Hoje em dia, nesse país, cada hospital com mais de 300 leitos é obrigado a ter um departamento de Engenharia Clínica. No Brasil, entre os mais de 6.000 complexos de saúde distribuídos em território nacional, podem-se encontrar serviços de engenharia clínica em hospitais universitários, em hospitais privados de maior complexidade e em alguns institutos especializados.

O presidente da ABEClin declarou ainda que a Engenharia Clínica garante que todos os processos e equipamentos de hospitais, clínicas e áreas técnicas hospitalares estejam em ordem e prontos para prestar um atendimento de qualidade aos pacientes, de acordo com as normas estabelecidas pela Agência Nacional de Vigilância Sanitária (Anvisa).

Sobre a ABEClin: Instituição criada em 2003, por um grupo de engenheiros clínicos no Hospital do Coração, com o intuito de contribuir positivamente com a difusão da Engenharia Clínica no Brasil. Desde então, a ABEClin vem trabalhando no objetivo de difundir essa engenharia no Brasil, assim como colaborar com a qualificação dos profissionais da área.

Fonte: http://www.crea-rs.org.br/site/index.php?p=ver-noticia&id=2017

Algumas fotos do evento:





 

Feira Hospitalar: Nosso associado Arkmeds




Reservem a Agenda: “I Fórum de Gestão de Infraestrutura Hospitalar”




Congresso Brasileiro de Manutenção




Sorteio de vaga para Curso de Segurança Elétrica Aplicada aos Equipamentos Eletromédicos




Omni Experience - Sucesso!




Metrosaúde 2018




APRESENTAÇÃO ELUXEO - FUJIFILm Para Engenheiros Clínicos




Omni Experience




Primeiro Simpósio de Eletrocirurgia para Engenharia Clínica




Ranking dos melhores hospitais da América Latina




Associação Brasileira de Engenharia Clínica – ABEClin

A ABEClin, é uma pessoa jurídica de direito privado, sem fins lucrativos e de duração ilimitada. Foi estabelecida com o objetivo de incentivar, consolidar, integrar e qualificar os profissionais que atuam na área de Engenharia Clínica definindo-os da seguinte forma:

“O Engenheiro Clínico é o profissional que aplica as técnicas da engenharia no gerenciamento dos equipamentos de saúde com o objetivo de garantir a rastreabilidade, usabilidade, qualidade, eficácia, efetividade, segurança e desempenho destes equipamentos, no intuito de promover a segurança dos pacientes.”